30 termos de Marketing Digital

Neste artigo vamos conhecer 30 termos de Marketing Digital mais utilizados na rotina dos profissionais e agências de Marketing Digital!

Inbound Marketing, SEO, CAC, ROI… Quantas vezes você já não esteve meio a uma reunião com seu time de Marketing, ouvindo uma série de palavras em inglês e siglas que você não fazia ideia do que significavam. O Marketing Digital tem diversos termos, e na nossa rotina profissional, escutamos eles seguidamente.

Às vezes a gente precisa dar um Google pra saber o que o chefe nos pediu… e tá tudo bem, afinal de contas, ninguém é uma enciclopédia ambulante! Para te ajudar, abaixo reunimos algumas das 30 palavras mais utilizadas por profissionais e agências. Será que você sabe a maioria dos termos?

Vamos a eles:

1. Abandono do carrinho de compras

O abandono do carrinho de compras ocorre quando um cliente em potencial inicia um processo de check-out de um pedido on-line, mas sai do processo antes de concluir a compra. Qualquer item que entra no carrinho de compras, mas nunca passa pela transação final de pagamento é considerado ‘abandonado’ pelo comprador. O abandono do carrinho de compras é um aspecto importante do processo de compras on-line ao qual os varejistas prestam muita atenção.

Taxa de abandono de carrinho

A taxa de abandono do carrinho de compras é calculada dividindo o número total de transações concluídas pelo número total de transações iniciadas. Essa taxa identifica qual porcentagem de usuários de um site sinaliza a intenção de compra adicionando um item ao carrinho, mas não conclui a compra.

A taxa de abandono do carrinho de compras é uma métrica importante para os sites de comércio eletrônico acompanharem, pois uma alta taxa de abandono pode sinalizar uma experiência ruim do usuário ou um funil de vendas interrompido. Reduzir o abandono do carrinho de compras leva diretamente a mais vendas e receita.

2. AIDA

AIDA é a sigla para Atenção, Interesse, Desejo e Ação, etapas do processo de conversão de um cliente potencial. O modelo AIDA basicamente serve para dar aquele empurrãozinho em clientes indecisos.

3. API

Acrônimo para Application Programming Interface, a API é o conjunto de padrões de programação que permite que um software interaja com outro. Por meio de APIs, é possível interligar diferentes plataformas e ferramentas que são usadas no seu trabalho diário no Marketing, melhorando processos e automatizando funções.

4. Automação de Marketing

Automação de marketing (MA) é um termo usado para descrever a substituição de tarefas repetitivas e processos manuais de marketing por soluções automatizadas. Especialmente em relação a campanhas de marketing por email.

A automação de marketing estimula as perspectivas de vendas com conteúdo personalizado, projetado para convertê-las em clientes por meio de campanhas com etapas e campanhas que ajudam a educar as perspectivas de seus produtos e, idealmente, convertê-las em leads qualificados.

5. Awareness

O Awareness, ou marketing de conscientização, é uma abordagem de marketing na qual uma empresa se concentra em obter a marca reconhecida por clientes em potencial.

É quando uma marca, empresa ou produto é conhecido. As empresas geralmente definem uma meta para o grau de conscientização que pretendem atingir e, em seguida, planejam campanha(s) para atingir essa meta.

6. Bounce Rate ou Taxa de Rejeição

É a porcentagem de visitas a um site que são sessões de página única, com o visitante saindo sem exibir uma segunda página. Geralmente é usado como uma medida do envolvimento geral de um site.

Como é calculada a taxa de rejeição?

A taxa de rejeição é calculada pelo número total de visitas de uma página dividido pelo número total de entradas em um site. Por exemplo, se a página inicial de um site recebe 1.000 visitantes ao longo de um mês e 500 desses visitantes saem do site após visualizar a página inicial sem prosseguir para outras páginas, a taxa de rejeição da página inicial é de 50%.

7. Conversão

Uma conversão ocorre quando um cliente ou cliente em potencial conclui uma ação que foi configurada para eles. Exemplos: realizar uma compra, um pedido de orçamento, preencher um formulário, etc.

Taxa de Conversão

A taxa de conversão é o número de conversões dividido pelo número total de visitantes. Por exemplo, se um site de comércio eletrônico recebe 200 visitantes em um mês e tem 50 vendas, a taxa de conversão seria 50 dividido por 200 ou 25%.

Uma conversão pode se referir a qualquer ação que você deseja que o usuário execute. Isso pode incluir qualquer coisa, desde um clique em um botão até fazer uma compra e se tornar um cliente.

8. Cookies

Os cookies são arquivos simples criados por sites visitados e que são salvos no computador do usuário, por meio do navegador. Esse arquivo tem informações básicas do usuário como IP, preferência de idioma, etc. Assim, em visitas futuras ao site, é possível identificar esse visitante e suas preferências.

9. CRM (Customer Relationship Management)

CRM, ou Gerenciamento de Relacionamento com Clientes, são softwares que oferecem soluções para uma boa gestão de relacionamento com o cliente. Eles permitem a organização e armazenamento de dados que geram um contato diferenciado e personalizado com o consumidor.

Quer descobrir como gerar mais resultados através de estratégias digitais de Marketing e Vendas? Conheça a Formação Continuada em Marketing e Vendas do Clube Share!

10. CTA (Call to Action)

CTA é uma sigla em inglês que significa ‘Call to Action’, ou Chamada para Ação. É um recurso usado para incentivar um usuário que visita um conteúdo a fazer uma determinada ação.

Geralmente uma página da Web possui várias chamadas estratégicas à ação destinadas a convencer o usuário a fazer alguma ação, por exemplo:

  • Ir para a página de um produto
  • Assinar uma newsletter
  • Compartilhar o conteúdo do site em suas redes sociais
  • Baixar um e-book
  • Visitar a loja virtual/e-commerce. Etc…

11. E-Mail Marketing

Compreende a construção de uma lista de assinantes e o envio de emails para o público-alvo. O marketing por email é o uso de email para incentivar e desenvolver novos relacionamentos aprimorados com os clientes, bem como para promover produtos ou serviços. É um dos pilares básicos do marketing digital.

12. Funil de Vendas

Representado pela forma de uma pirâmide invertida, o funil de vendas acompanha o caminho do consumidor durante o processo de venda. Costuma ser dividido em Topo de Funil (ToFu), na etapa de aprendizado e descoberta; Meio de Funil (MoFu), onde ele reconhece o problema e considera a solução; e Fundo de Funil (BoFu), onde ele avalia as opções e, por fim, efetua a compra. Em estratégias de Marketing Digital, é essencial pensar em conteúdos para pessoas em cada um desses níveis.

13. Growth Hacking

Refere-se a todas as estratégias, ferramentas de marketing e digitais, focadas em aumentar o número de usuários de um determinado produto no menor tempo possível. Growth hacking pode ser aplicado a qualquer modelo de negócios, mas está especialmente relacionado a empresas tecnológicas, as chamadas Startups.

14. Inbound Marketing

É uma metodologia de marketing projetada para atrair visitantes e clientes em potencial. Significa usar uma combinação de canais de marketing, marketing de conteúdo, SEO e mídias sociais de maneira criativa para atrair a atenção das pessoas. O objetivo de uma campanha de Inbound Marketing é aumentar o alcance e direcionar tráfego, engajamento e conversões de qualidade usando postagens em blogs, ebooks, perfis de mídia social ou outros canais que consideram úteis ou interessantes.

15. KPI (Key Performance Indicator)

KPIs são pontos de dados que podem mostrar um impacto direto no sucesso do negócio ou da marca. Normalmente, esses dados são rastreados, analisados ​​e usados ​​para orientar a estratégia para o sucesso futuro dos negócios. Nas vendas, por exemplo, os KPIs podem ser aquisições de novos clientes.

Conheça: curso de Indicadores de Desempenho do Clube Share!

16. Landing Page

Uma landing page, ou página de destino, é uma página em que um visitante é redirecionado após clicar em um anúncio, promoção ou resultado de pesquisa. O objetivo de uma página de destino é obter os detalhes de contato do visitante em troca de e-books, acesso a um webinário online, ofertas de compras exclusivas, inscrição em eventos, etc. São bastante usadas para captar leads ou realizar a venda de produtos.

17. Lead

É um cliente em potencial. É um usuário que mostra interesse em um produto ou serviço e é muito provável que se torne um cliente, ou seja, faça uma compra ou contrate um serviço. Esse interesse é demonstrado ao compartilhar os detalhes de contato com você, como o endereço de email, número de telefone/WhatsApp ou das redes sociais, para que se possa enviar informações adicionais.

Essa definição pode variar um pouco, dependendo do setor. Por exemplo, para algumas empresas, um Lead é um usuário prestes a fazer uma compra, enquanto no Marketing Digital um Lead é qualquer usuário que fornece seus detalhes de contato.

18. LTV (Lifetime Value)

O valor do tempo de vida útil de um cliente ou LTV é uma estimativa da receita média que um cliente irá gerar ao longo de sua vida útil como cliente. Esse valor de um cliente pode ajudar a determinar muitas decisões econômicas para uma empresa, incluindo orçamento de marketing, recursos, lucratividade e previsão. É uma métrica chave nos modelos de negócios baseados em assinaturas, juntamente com o MRR (Receita Recorrente Mensal).

19. Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo abrange todas as práticas usadas para disponibilizar conteúdo relevante para clientes, possíveis clientes e usuários de uma marca. O marketing de conteúdo pode envolver conteúdo de várias formas diferentes: vídeos, e-books, guias, webinars, estudos de caso, infográficos, postagens em blogs e muito mais.

20. Marketing de Influência

Marketing de Influência é uma estratégia que trabalha com ações que são focadas em indivíduos (e aqui entra criadores de conteúdo, celebridades, etc) que exercem influência sobre públicos engajados.

O marketing de influência envolve estratégia, criação e amplificação de conteúdo. Como ele desempenha várias funções, é uma boa ideia que todo profissional de marketing tenha pelo menos uma noção dos fundamentos.

Conheça: formação continuada em Marketing de Influência do Clube Share.

21. Métricas

No Marketing Digital, constantemente as siglas CTR, CPM, CPA, CPL, CPC, CAC e Pageviews possuem uso bem comum no dia-a-dia!

CTR – Click Through Rate, ou taxa de cliques, ela mostra a variação entre cliques e aparições dos anúncios, por exemplo, se o cliente visualizou 1000 vezes seu site e clicou em 200 (80%) delas, ou seja, você teve um CTR de 20%;

CPM – Cost Per Thousand, ou Custo Por Mil, nesta categoria o usuário pagará por veiculação, ou seja, paga todas as vezes que o anúncio atinge 1000 visualizações, ideal para quem quer mostrar a marca;

CPA – Cost Per Action, ou Custo por Ação, também descrito como CPV, Custo por Vendas, nos mostra quanto foi gasto para cada venda realizada;

CPL – Custo por Lead, é o custo das pessoas que entraram em um site e realizaram alguma ação, um por exemplo é usuários que acessaram uma Landing Page e preencheram um cadastro para receber um e-book;

CPC – Cost Per Click, ou Custo Por Clique, método mais comum dos links patrocinados. Será pago um valor sobre os cliques nos anúncios, bastante usado para objetivo de vendas.

CAC – Custo de Aquisição de Cliente. É a métrica usada para saber quanto uma empresa está gastando para conquistar cada novo cliente. Serve para definir orçamentos e ações de marketing.

Pageviews – Este termo refere-se ao número de vezes que um conjunto de tags foi carregado no computador de um usuário da Internet sempre que ele acessa um site. Este é um volume global. As visualizações de página não devem ser confundidas com o número de ‘carregamentos de páginas’, que medem o número de vezes que uma página específica foi visitada.

22. Palavra-chave

Uma palavra-chave, ou um keyword, é um termo usado no Marketing Digital para descrever uma palavra ou um grupo de palavras que um usuário da Internet usa para realizar uma pesquisa em um mecanismo de pesquisa.

Em uma estratégia de SEO, as palavras-chave são muito importantes e devem ser o núcleo de qualquer escrita para a web (presente no conteúdo, títulos e elementos de SEO). As palavras-chave devem ser desenvolvidas e cuidadosamente selecionadas antes de lançar o conteúdo on-line nas plataformas da Web.

23. Remarketing ou Retargeting

O remarketing é um conjunto de táticas usadas pelo Google Adwords, Facebook Ads, Instagram Ads ou qualquer outra rede de anúncios que permite que os sites mostrem anúncios personalizados para usuários que já visitaram ou fizeram uma ação específica em um endereço web.

Quem nunca caiu em uma estratégia de remarketing? Um exemplo, é depois de pesquisar um voo para o seu próximo destino de férias, você recebe anúncios semelhantes com ofertas para viagens nas redes sociais? Ou então, depois de deixar um produto pendente no carrinho de compras de uma loja virtual, você começa a receber anúncios com descontos especiais para incentivá-lo a voltar e realizar a compra?

O objetivo do remarketing é mostrar mensagens que atendam aos interesses e necessidades refletidas pelo comportamento do usuário nas pesquisas na Internet, com o objetivo de aumentar as possibilidades de conversão.

24. ROI (Return On Investment)

O ROI é uma métrica financeira de lucratividade amplamente usada para medir o retorno ou o ganho de um investimento. ROI é uma proporção simples do ganho de um investimento em relação ao seu custo. Em resumo, o termo ROI corresponde ao lucro obtido após a comparação da receita gerada com o custo envolvido.

Para calculá-lo, use a seguinte fórmula: ROI = lucro do investimento – custo do investimento/custo do investimento

Por exemplo: Foi investido R$100,00 para venda de um produto e por final recebeu R$150,00 o ROI foi de 50% ou 1,5:1.

25. SEM (Search Engine Marketing)

Refere-se principalmente ao processo de compra de anúncios nos mecanismos de pesquisa. O SEM é uma estratégia de marketing digital usada para aumentar a visibilidade de um website nas páginas de resultados dos buscadores (SERPs). Ele também pode ser conhecido por link patrocinado.

Embora o termo tenha se referido tanto às atividades de pesquisa orgânica, como otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), quanto pagas, agora se refere quase exclusivamente a publicidade de pesquisa paga. O marketing do mecanismo de pesquisa também é conhecido como pesquisa paga ou PPC (pay per click).

26. SEO (Search Engine Optmization)

Uma das ferramentas mais especializadas e procuradas, o SEO se concentra em tornar um site de negócios classificado como o melhor nos mecanismos de busca, como Google, Yahoo, Bing, etc.

27. SERP

Muitos profissionais de marketing reportarão e definirão metas para SERPs, abreviação em inglês de Páginas de Resultados de Mecanismos de Pesquisa. São resultados de links de páginas quando alguém digita um termo de pesquisa em um mecanismo de pesquisa. Nessa métrica, um resultado orgânico não é pago e foi gerado como resultado do SEO, e uma listagem patrocinada é o equivalente a um anúncio que foi pago.

28. TAG ou Marcação

Uma tag é um elemento incluído em cada página da web a ser medida. A tag é um pequeno pedaço de código inserido no código-fonte da página. Ele permite que a ferramenta de análise registre conexões em seu servidor. Na análise digital, a tag é usada para refinar as análises usando segmentos. Também chamada de etiqueta, é uma palavra-chave associada com uma informação permitindo classificar ou marcar conteúdos usando palavras-chave.

29. Teste A/B

É um método de comparar duas versões de uma página da Web ou um criativo de anúncio, etc entre si para determinar qual deles tem melhor desempenho. O teste AB é essencialmente um experimento em que duas ou mais variantes são mostradas aos usuários aleatoriamente, e a análise estatística é usada para determinar qual variação apresentou melhor desempenho para uma determinada meta.

30. Web Analytics

É a medição e análise de dados para informar o entendimento do comportamento do usuário nas páginas da Web. As plataformas de análise medem a atividade e o comportamento em um blog, por exemplo: quantos usuários visitam, quanto tempo ficam, quantas páginas visitam, quais páginas visitam, etc.

As empresas usam plataformas de análise da web para medir e comparar o desempenho do site e analisar os principais indicadores de desempenho que direcionam seus negócios, como a taxa de conversão de compras.

A principal ferramenta utilizada é o Google Analytics.

Ficou faltando alguma palavra que você escuta muito e nós não abordamos aqui? Nós, do time Share, estamos sempre atualizando nossos conteúdos para você dominar a área de Marketing Digital.

Então, deixe seu comentário abaixo e, para completar, que tal se tornar um profissional preparado para acompanhar as mudanças no Marketing Digital? No Clube Share você encontra cursos, formações, masterclasses e materiais para download que vão levar a sua carreira para outro nível!

Banner Clube Share.

LEIA MAIS:

Compartilhe:

1

Comentários