Clique Aqui e saiba mais

O e-mail marketing é uma ótima ferramenta de relacionamento. Mas, você sabe qual é a taxa de abertura de e-mails que você envia para o público do seu cliente? Confira as dicas que ajudarão a melhorar esse indicador e os resultados do seu trabalho:

Conheça o público: saber qual é o público da sua lista de e-mails é essencial, porque na hora de elaborar o conteúdo é importante que ofereça informações que sejam do interesse dele. Se você não quer ser visto como spam, chega de enviar anúncios e propagandas. Crie valor com o público ao oferecer um conteúdo que realmente seja valioso para ele!

Torne-se familiar ao leitor: ao invés de se preocupar em criar artes mirabolantes, busque elaborar um e-mail com um conteúdo que fale a língua do público. Redija um texto simples, informal e que se aproxime cada vez mais dele. A pessoa que vai receber o e-mail deve considerar você quase que um amigo. Por isso, conheça a linguagem do público do seu cliente, isso ajudará você a estabelecer um forte laço com ele por meio do texto, o que ajuda muito nas taxas de abertura e conversão.

Use gatilhos mentais: todos os dias as pessoas recebem milhares de e-mails, mas o que está escrito no assunto deles é o que levará elas a abri-los. Para isso, utilize gatilhos mentais ao elaborar a frase do assunto. Os gatilhos da urgência e da curiosidade são alguns exemplos que você poderá usar. O gatilho da curiosidade é considerado um dos mais poderosos para aumentar a taxa de abertura de e-mails. Tente elaborar uma frase que poderá chamar a atenção e desperte a curiosidade do seu público. Exemplo: “Descubra o impossível”.

Melhore a formatação: a maneira como você formata as mensagens também influencia na taxa de abertura de e-mails. Observe o segmento que seu cliente trabalha e o que você deseja oferecer ao público dele, um formato clean que facilita a leitura já é meio caminho para chegar no resultado que deseja.

Além dessas dicas, é importante também que realize os testes A/B. Avaliar constantemente é importante para fazer os ajustes necessários e descobrir como melhorar cada vez mais o relacionamento do seu cliente com o público dele. Mãos à obra!


Clique Aqui e saiba mais

Talvez você possa gostar

Leave a Reply