Imagina uma estação de rádio na qual você possa, onde e quando quiser, ouvir programas sobre o mais diversos assuntos, desde culinária até mercado de trabalho. Essa estação de rádio existe e se chama Podcast.

Mas Podcast não é rádio, né? É sim.

Mas não se prenda a isso nesse primeiro momento. Até porque o próprio rádio não é rádio, se sua existência for resumida a aquele aparelho sonoro cheio de pó na estante da casa da vovó. Na verdade, o rádio não passa de equipamento eletrônico se por detrás dele não houver o radialismo; esse sim é o verdadeiro merecedor de todo o crédito pela existência desse veículo de comunicação extremamente poderoso e plenamente capaz de mobilizar centenas de pessoas através da voz.

Dúvida?

E se eu te contar que em 1938 uma transmissão de rádio fez com que toda a Nova York acreditasse que a cidade estava sendo invadida por alienígenas?

Captura de Tela 2016-06-06 a?s 00.12.37

O Radialismo engloba todo o processo de produção de uma informação a ser transmitida, seja por rádio ou televisão, muito semelhante a qualquer tarefa que demande produção de conteúdo.

A grosso modo o rádio ficou popularmente conhecido como rádio porque a transmissão se dava através de ondas de rádio, assim como o jornal era jornal porque era impresso em papel e televisão se referia a imagens exibidas a longa distância. De igual maneira, temos hoje o Youtube, o Netflix, Portais de Notícias em geral, Blogs como esse, Papers, E-books e Podcasts!

Por sua vez a palavra Podcast é uma derivação do termo Podcasting, que nasceu da junção de Ipod (marca do aparelho de mídia digital da Apple Inc. onde foram disponibilizados os primeiros podcasts) e broadcasting (transmissão de rádio ou televisão). A título de curiosidade, o pod do Ipod vem de Personal On Demand, numa tradução literal, algo pessoal e sob demanda.

É exatamente disso que se trata!

Seja Rádio ou Podcast, ambos são transmissões de conteúdo sob demanda. A única diferença real é que com a constante evolução da tecnologia, Já não é mais necessário sintonizar uma emissora de rádio limitada pela banda AM/FM. A emissora agora é a própria internet, e as estações são os feeds, que você pode facilmente acessar via Smartphone, bastando instalar um aplicativo agregador de feeds.

É aqui que está todo o charme do Podcast.

Enquanto as músicas saíram do rádio e foram para os serviços de estreaming, as notícias, as discussões de mesa redonda, os programas de entrevistas, viraram Podcasts. Contudo, para que essa mídia esteja devidamente alinhada à sua estratégia de conteúdo, é importante saber quem são os atuais ouvintes de Podcast no Brasil e quais seus principais hábitos como usuários. A grande maioria tem entre 25 e 30 anos, estão em busca de entretenimento aliado à informação; e como na era do rádio, defendem que a liberdade de poder consumir o conteúdo, de maneira personalizada e individual, enquanto executam outras tarefas é o fator mais atraente do formato.

Agora que você já sabe o que é e como funciona um Podcast, aproveite para conhecer o TalkShare, o Podcast quinzenal do Share, com mesa redonda e convidados debatendo temas variados no mundo da internet.

Captura de Tela 2016-06-06 a?s 01.12.28

Dúvidas sobre como ouvir ou assinar?

Deixe uma mensagem aqui nos comentários que a gente te ajuda. 😉

 

Talvez você possa gostar

Leave a Reply