Para ajudar os usuários a descobrirem novos itens, receitas e ideias relacionadas aos interesses de seus usuários, o Pinterest está investindo cada vez mais em inteligência artificial, que alimenta grandes quantidades de dados através de uma rede neural que simula o funcionamento de um cérebro humano até que ele possa reconhecer outros dados com autonomia.

Agora, o Pinterest está usando os dados coletados a cada sessão ativa, como pins que você salvou ou clicou, juntamente com suas interações recentes ao dar nomes aos seus pins. O novo e complicado sistema de aprendizagem profunda, chamado Pin2Vec, ajuda a gerar resultados mais relevantes que evoluem com base no comportamento do usuário. Isso gera um engajamento maior na rede social e exibe novo pins relacionados às suas pesquisas.

Leia a notícia completa no Digital Trends

 

 

Talvez você possa gostar

Leave a Reply