Clique Aqui e saiba mais

Está pensando em explorar o uso de podcasts, mas não sabe por onde começar? Em breve, você poderá ter uma nova opção! 

O Spotify vem trabalhando em um novo processo que permitirá às pessoas converter suas postagens escritas do WordPress em conteúdo de áudio. Conforme relatado pela Axios, o Spotify está fazendo parceria com o WordPress para traduzir o conteúdo escrito diretamente em podcasts por meio de sua plataforma específica para o recurso, a Anchor. Isso permitirá novas maneiras de alcançar públicos mais amplos com seu trabalho escrito.

A adesão aos podcasts tem aumentado constantemente nos últimos anos, com 55% da população dos EUA ouvindo pelo menos um podcast em 2020 – acima dos 51% em 2019.

Como podemos ver neste gráfico do relatório mais recente do Edison Infinite Dial, cerca de 104 milhões de americanos agora ouvem podcasts mensalmente, e o envolvimento mais próximo do meio o torna ótimo para estabelecer uma conexão mais forte com o público e melhorar a repercussão e lembrança de anúncios de podcast. 

Atualmente, o Brasil é o segundo maior mercado do mundo para podcasts, atrás apenas dos Estados Unidos, informa a Podcasts Stats Soundbite. Segundo relatório publicado em outubro de 2019 pela Deezer, o consumo de podcasts no Brasil cresceu 177% em sua plataforma no período de 12 meses. Aumentou 67% entre janeiro e setembro do mesmo ano, se forem considerados todos os principais serviços de streaming disponíveis na web. 

Em outra pesquisa, realizada pelo Ibope, ainda em 2019, dos 120 milhões de internautas brasileiros, 40% deles, ou seja, 50 milhões de pessoas, já ouviram algum tipo de programa de áudio. Em abril de 2020, em uma pesquisa internacional da Global Web Index, o consumo de podcasts durante a quarentena cresceu globalmente 18%, sendo 24% somente entre os millennials.

O Spotify triplicou o número de podcasts em sua plataforma no ano passado, de 700.000 no quarto trimestre de 2019 para 2.2. milhões hoje – a empresa anunciou em sua chamada de resultados do quarto trimestre. O CEO do Spotify, Daniel Ek, disse aos investidores que os podcasts e o uso de podcast são “altamente correlacionados à atenção e ao crescimento do usuário” no Spotify, que ainda é usado principalmente para transmitir música.

“Com base no comportamento que vemos quando os usuários ingressam no Spotify pela primeira vez, estamos confiantes de que o uso de podcast tem sido um fator nas adições líquidas aceleradas [de usuários ativos mensais]”, disse a empresa em um comunicado.

A plataforma confirma que 25% de seu total de usuários ativos mensais se engajaram com conteúdo de podcast no quarto trimestre, ante 22% no terceiro trimestre de 2020. As horas de consumo de podcast no quarto trimestre quase dobraram desde o quarto trimestre de 2019.

Ek disse que mais pessoas na empresa estão focadas na produção de podcasts agora do que nunca. “Três anos atrás, menos de 30 pessoas produziam ativamente conteúdo para o serviço, esse número está agora perto de 1.000 pessoas”.

Os enormes investimentos do Spotify em podcasts originais e exclusivos estão gerando um aumento no engajamento. No ano passado, a empresa fechou acordos exclusivos com grandes personalidades, desde Michelle Obama a Kim Kardashian.

Mas, assim como a criação de vídeo, criar um ótimo conteúdo de podcast não é uma tarefa necessariamente fácil. Dessa forma, fornecer mais maneiras de facilitar a escuta de podcasts pode ser outro gancho para aqueles que procuram explorar o meio. Ao mesmo tempo, isso dá às empresas e criadores outro recurso para testar se seu público está realmente interessado em consumir seu material em forma de áudio.

A Axios observa ainda que o Spotify está procurando adicionar vários outros aprimoramentos de podcast:

“Nos próximos meses, o Anchor permitirá que mais criadores adicionem vídeos aos seus podcasts. Esta funcionalidade está atualmente disponível para artistas musicais. O Spotify também está lançando ferramentas de interatividade como pesquisas e recursos de perguntas e respostas para podcasters usando o Anchor.”

O anúncio vem do evento de demonstração ‘Stream On’ do Spotify, onde também comentou sobre novas melhorias de qualidade de áudio e expansão adicional para mais mercados.

Ao alcançar ainda mais países na Ásia, África, Caribe, Europa e América Latina, a plataforma está dando a milhões de novos criadores a oportunidade de criar, descobrir e construir uma carreira na criação de áudio – e dando a oportunidade a um bilhão de novos fãs para ouvir. 

Em cada novo mercado, o Spotify trabalhará com criadores e parceiros locais para expandir as ofertas de música e entregar uma experiência que atenda às necessidades exclusivas de cada território. Com o tempo, a empresa pretende introduzir as seguintes ofertas em cada região:

  • Planos: os planos grátis e premium estarão disponíveis em todos os mercados. Em mercados selecionados, o Spotify oferecerá opções individuais, familiares, duo e de estudante;
  • Experiência do usuário: os ouvintes serão capazes de selecionar e pesquisar no catálogo mundial do Spotify ao usar o produto, proporcionando uma experiência personalizada desde o primeiro dia. A tela inicial exibirá uma programação de lista de reprodução personalizada para novos ouvintes. As páginas de navegação e pesquisa apresentarão centros de conteúdo em todo o mundo e se adaptarão ao mercado local e ao gosto do ouvinte quanto mais ele usar o serviço;
  • Catálogo de músicas: No lançamento, o Spotify oferecerá seu catálogo global completo nesses novos mercados. A empresa trabalhará continuamente com detentores de direitos e parceiros locais para expandir seu catálogo para incluir mais ofertas locais;
  • Podcasts: na maioria desses mercados, o Spotify será lançado com seu catálogo de podcast completo. Para os outros, trabalhará em estreita colaboração com parceiros locais para introduzir mais podcasts em seu catálogo, bem como a plataforma de criador proprietária do Spotify, Anchor;
  • Plataformas: após o lançamento, a experiência Spotify estará disponível no Mobile e Desktop Web Player. Semelhante a outros recursos, a empresa trabalhará com parceiros para apresentar o Spotify em mais plataformas, incluindo TV, alto-falantes, wearables e carro nos próximos meses.

Isso poderá abrir novas oportunidades, especialmente com o Spotify procurando dar um foco maior aos podcasts em seu aplicativo daqui para frente.

Com a crescente popularidade de aplicativos sociais de áudio como o Clubhouse, está claro que a conexão de áudio tem um lugar no cenário digital moderno. Os podcasts podem fornecer um caminho importante a esse respeito e, embora essas novas opções possam não ser a coisa certa para solidificar sua abordagem de podcasting, podem ser outra maneira de explorar essa tendência e se conectar com um público mais amplo.

Ficou com vontade de explorar mais o formato e não sabe por onde começar? Então conheça o Cast! O curso vai te ensinar, desde os primeiros passos, como criar o seu próprio podcast. Entenda rotinas de produção, como fluxo de trabalho, audiência e roteiro, além de questões práticas como plataformas online, softwares de gravação/edição, equipamentos, etc. 

O Cast é um curso exclusivo para membros do Clube Share, então conheça mais sobre a nossa comunidade e faça parte! 



NÃO GOSTOU DO CONTEÚDO?

Então poderá achar interessante nossas sugestões de receitas que são bem diferentes do clássico Feijão com Arroz!

Feijoada Completa

Perdeu edições passadas do Feijão com Arroz?

Acesse e confira as edições anteriores: bit.ly/comerfeijao


Clique Aqui e saiba mais

Talvez você possa gostar