Em abril de 2015, Londres foi consumida por uma onda de protestos feministas que reivindicavam a retirada de uma série de propagandas da empresa inglesa Protein World que perguntava: Are you body ready? Ou, em português: Seu corpo está pronto?

Essa semana, o novo prefeito de prefeito de Londres, Sadiq Khan, anunciou que está proibida a veiculação de propagandas que denigram ou critiquem a estética corporal. Essa proibição, porém, fica restrita ao sistema de transporte da cidade.

“Como pai de duas adolescentes, fico extremamente preocupado com esse tipo de publicidade que demanda que pessoas, especialmente mulheres, sintam vergonha de seus corpos” disse o prefeito. “Ninguém deveria se sentir pressionado sobre a estética de seu corpo enquanto viajam de metrô ou ônibus.”

Cerca de 12,000 peças publicitárias são veiculadas nos meios de transporte de Londres. Em nota oficial, a Transport for London declarou que anúncios como o da Protein World “podem facilmente serem vistos como pressão para um corpo irreal ou não saudável, ou colaborar para uma baixa confiança corporal, particularmente entre jovens e adolescentes”

Sadiq Khan declarou que quer mandar uma “mensagem clara” para a industria publicitária e disse que isso se aplicará para toda forma de propaganda que possa influenciar em desconfiança corporal ou baixa autoestima. Anteriormente, a França, Israel, Itália e a Espanha já haviam adotado politicas que previnem que modelos muito magras sejam vinculadas à anúncios.

Via: The New York Times

Talvez você possa gostar

Leave a Reply