Clique Aqui e saiba mais

Todos os meses é aquela velha história: analisar os dados das mídias sociais dos seus clientes, avaliar o tráfego gerado nos blogs/sites e ainda verificar quais conteúdos geraram mais engajamento na intranet para aí sim você entregar um relatório mensal com todas as informações e resultados que eles têm direito.  Mas, será que a análise desses dados está sendo feita da forma correta? Após a entrega do material como essas informações poderão ajudar você a produzir um conteúdo melhor? O marketing orientado por dados vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos e ele é um grande aliado para os profissionais de marketing de conteúdo.

Antes de mais nada, você sabe qual a diferença de métricas e resultados?  As métricas são a base para a construção de um indicador e o tão conhecido KPI, indicador-chave de performance, é criado a partir das métricas. Ele pode ser considerado um resultado enquanto as métricas são como se fossem resultados maquiados.

Quando você avalia o resultado da publicação de um post de vídeo na Fanpage de um cliente, verifica o alcance e curtidas dele? Cuidado! Isso não quer dizer nada, porque o resultado da ação estará na análise de quantas pessoas assistiram ao vídeo. Pode acontecer de você colocar no relatório que o post alcançou 500 pessoas, por exemplo, e considerar isso um resultado positivo. Mas, o número de pessoas que assistiram ao vídeo foi apenas uma ou duas. Portanto, não houve um resultado positivo realmente e você acabou caindo na armadilha de maquiar os dados do seu trabalho.

Alguns profissionais que trabalham com SEO (Search Engine Optimization) dizem que um post deve ter mais de 1000 palavras para ser bem ranqueado no Google. Mas, será que eles sabem que estudos de neurologistas apontam que uma pessoa consegue ler 150 palavras por minuto? Além disso, SEO não é ranking, mas sim tráfego qualificado. As pessoas que acessarem o seu blog ou site devem encontrar o que realmente procuram. Por isso, não são os números de palavras que seu post tem que vai ser definitivo para isso, mas sim se ele atinge de alguma forma o seu público-alvo.

Neil Patel, referência em marketing de conteúdo no mundo, já sabe da importância que o marketing orientado por dados tem na criação de conteúdos. No artigo Como escrever melhor usando dados analíticos, ele esclarece que “com a publicação consistente de textos com alta qualidade, que sejam analíticos e orientados por dados (data-driven), você pode crescer o seu blog para 100.000 leitores no prazo de dois anos”.

Por isso, chega de pensar apenas nas métricas do seu conteúdo. Comece a pegar essas métricas e transformá-las em resultados positivos tanto para os seus clientes quanto para você. Mãos à obra!


Clique Aqui e saiba mais

Talvez você possa gostar

Leave a Reply