Behavior

Assistir o livestreaming de games é um fenômeno mundial, que tem o poder de construir comunidades em torno de vídeos. Globalmente, mais de 800 milhões de pessoas jogam um jogo conectado ao Facebook a cada mês. Na última semana o Facebook lançou no Brasil o Facebook Gaming Creator Pilot Program, uma iniciativa focada em ajudar os gamers a criar e engajar suas comunidades na plataforma.

O Brasil é o segundo país do mundo a receber o programa piloto do Facebook para gamers, lançado nos Estados Unidos no começo deste ano. O piloto começa no Brasil com um grupo inicial de gamers, que vai jogar e transmitir ao vivo uma variedade de jogos diretamente pelo Facebook Live, como Fortnite, Clash Royale, GTA e League of Legends. Entre os gamers estão Afreim, Bruno PlayHard, Davy Jones (GameplayRJ), Diana Zambrozuski, Edukof, Gab Zuski, Gelli Clash, Gordox, Isis Vasconcellos, Lipao Gamer, Nicole Diretora e PortugaPC.

O programa é focado em:
Construir comunidades para criadores: Ajudar os gamers a criar comunidades mais significativas e engajadas no Facebook;

Crescer audiência e aumentar a descoberta: Ajudar os gamers a ampliar sua base de fãs e aumentar a descoberta e distribuição em múltiplas plataformas, incluindo Facebook e Instagram;

Trazer novas ferramentas com base no feedback dos jogadores: O Facebook vem trabalhando com os gamers para testar e lançar novos recursos, seja para monetização ou livestreaming. Os criadores de conteúdo ajudarão a construir a experiência de assistir e transmitir ao vivo jogos no Facebook.

“Estamos trabalhando para construir um ecossistema de gaming de sucesso no Facebook. O Brasil tem uma forte comunidade de gamers e o programa os ajudará a construir e fortalecer seus públicos de maneira interativa. Cerca de dois bilhões de pessoas – quase todos no Facebook – já assistiram a um vídeo pelo Live e vemos seis vezes mais interações em transmissões ao vivo do que em vídeos tradicionais, o que reforça a oportunidade para essa comunidade transmitir ao vivo e interagir com seus fãs”, explica o gerente estratégico de parceiras de gaming no Facebook, Pedro Rodrigues.

O Facebook está comprometido em desenvolver a infraestrutura tecnológica que os criadores de conteúdo de jogos precisam para ter sucesso, começando a partir de elementos essenciais, como habilitar os participantes do programa a transmitir em 1080p / 60fps. E a plataforma quer desenvolver cada um dos novos recursos em parceria com os criadores.

Muitos gamers monetizam seus vídeos diretamente com o apoio de seus fãs, então o Facebook vem explorando maneiras para que eles possam apoiar seus criadores favoritos por meio de pagamentos durante a transmissão ao vivo de vídeos selecionados. O Facebook inicialmente lançou o recurso nos EUA e ele está agora disponível para os gamers que participam do programa piloto também no Brasil. Com base nos resultados desses testes iniciais, o Facebook vai expandir iniciativas de monetização para o apoio dos fãs para mais gamers no programa em mais regiões.

Gamers no Brasil interessados em participar do programa podem se inscrever pelo link:
https://www.facebook.com/creators/join


Social

Talvez você possa gostar