Clique Aqui e saiba mais

Trabalhar com e-mail marketing pode acabar confundindo algumas pessoas, já que o conceito de marketing está diretamente ligado ao ato de vender, o e-mail marketing não precisa, necessariamente seguir esta ideia (pelo menos, não todas as vezes que você realizar um disparo).

# O que devo enviar?

O e-mail marketing deve ser visto como mais uma forma de relacionar-se com o seu cliente/lead de prospecção do que como finalização de venda. Acontece que o e-mail marketing pode ser enviado com diversos tipos de conteúdos, que não sejam aquela oferta imperdível da semana (que nós sabemos, muitas vezes não é tão imperdível assim).

Um detalhe muito especial do e-mail marketing, que nos abre diversas portas, é que ele é um canal único. Você pode falar diretamente com o seu público, levando em consideração as suas especificidades, por exemplo, você pode separar a sua base de leads por idade, por cidade, por profissão, por interesses, por classe social. Existe uma gama muito grande de maneiras de separar o seu público e então o seu conteúdo poderá ser cada vez mais específico, de acordo com o que aquela pessoa gostaria de receber e se enquadraria no contexto.

# Conteúdo criativo

Este tópico deve estar em diversos artigos sobre e-mail marketing, mas não tem como fugir! O seu lead receberá diversos e-mails diariamente, seja diferente. Abuse das mídias diferenciadas, das cores que fazem sentido, pense no contexto!

# Monte os seus fluxos

Esta pessoa que irá receber o seu e-mail, ela te conhece? Ela sabe o que você faz? Ela sabe como a sua empresa surgiu? Fale com esta pessoa, se apresente!

Veja o e-mail como o início de uma amizade. quando fazemos amigos, não chegamos dizendo “Eaí cara, tenho interesse na sua senha do Netflix!”, primeiro nós viramos grandes amigos para depois termos a intimidade para pedir este tipo de coisa, certo?

Com o e-mail marketing não é diferente, nós não precisamos chegar enviando promoções sem fundamento e sem planejamento. Podemos nos apresentar, mostrar os nossos serviços, enviar notícias relacionadas ao nosso produto/serviço, colocar diversas soluções para o lead perceber que não estamos interessados apenas em vender (mesmo que você esteja e provavelmente você está). Converse, não chegue reto ao assunto principal. 

# Responda perguntas

O seu setor de vendas pode ser um grande auxiliar no momento de montar o e-mail marketing, sabe por que? Porque geralmente são os vendedores que respondem a maioria das dúvidas dos consumidores, sendo assim, você poderá ter acesso ao que as pessoas mais perguntam e o que elas querem saber. Antecipe-se e responda estas dúvidas através do e-mail.

# Desperte a curiosidade

Mantenha uma relação amigável e mostre algumas curiosidades para a sua base. Lembre-se que você não precisa falar sobre a sua marca em todos os envios. Quando as pessoas receberem o seu e-mail, elas saberão quem está falando com elas, não se preocupe. Seja natural, construa uma amizade e um bom relacionamento. As pessoas precisam sentir que você está enviando aquele conteúdo porque realmente acredita na relevância dele, então acredite!

# Pesquise e ouça

O e-mail marketing pode simplesmente trazer um breve conteúdo com uma pesquisa sobre o que as pessoas estão achando dos seus e-mails. Será que elas gostariam de receber em outro horário? Pergunte! Esteja disponível para ouvir as pessoas com quem você conversa, elas poderão te guiar para o trabalho certo.

# Esteja presente

Quem é visto não é lembrado, certo? Esteja presente na caixa de entrada com certa frequência. Você pode ter até um dia da semana fixo, para educar o seu público que neste dia você sempre enviará um e-mail com um conteúdo legal! Não deixe que as pessoas te esqueçam!

# Presenteie

Amigo que é amigo sempre tem um presentinho, né? Envie cupons de desconto, brindes, conteúdos exclusivos para quem está na sua base de e-mails. As pessoas gostam de se sentir importantes e o e-mail marketing pode te ajudar a proporcionar alguns mimos, sem que pareça que você enviou o mesmo presente para todo mundo e sim, apenas para quem está lendo.

Abuse da criatividade, mas também faça um planejamento prévio. Datas comemorativas, aniversários, tudo isto deve estar inserido no seu calendário. O e-mail marketing não é um bicho de sete cabeças, mas sim, mais um relacionamento na sua vida. Pense sempre como a sua marca agiria se estivesse conversando pessoalmente com determinado nicho de pessoas.

Não se esqueça do visual, ele pode transformar um simples e-mail em um baita e-mail! Quer aprender ainda mais sobre como o e-mail marketing pode ajudar a fidelizar clientes e, claro, aumentar suas vendas? O Share está com o EMKT – O curso de e-mail marketing profissional que você queria – em duas cidades: Belo Horizonte e Florianópolis. Vem dar uma olhadinha.

Boa sorte e não se esqueça: fuja dos spams!


Clique Aqui e saiba mais

Talvez você possa gostar

Leave a Reply