Chegamos ao segundo dia do maior evento de Marketing Digital da Europa, o DMEXCO, que acontece na Alemanha.

Ontem já fizemos um post sobre o primeiro dia de evento e se você ainda não viu, vale passar aqui pra ler!

O evento nos proporcionou a possibilidade não só de ouvir grandes palestras e painéis, mas também visitar stands super interativos, gigantes e claro, cheio de brindes!

Sobre os stands do evento (um espetáculo a parte), dá uma olhada!

Adobe – Back to 90’s

Um espaço da Adobe com cenários dos anos 90, com a criação do primeiro banner online (quando você clicava no banner aparecia o número de telefone para ligar), uma locadora e um apartamento de uma jovem, todo colorido e cheio de posters de banda.

Facebook

Tinham dois stands: um 100% voltado pra conteúdo e outro que além de conteúdo tinha espaço para reuniões, café e ativações do Messenger e Instagram.

Snapchat

No stand era possível brincar com os filtros do aplicativo e também imprimir as stickers personalizadas.

Microsoft

Outro stand repleto de conteúdo, espaço para reuniões, mas também com muitas opções de comida e bebida. Os stands do evento eram enormes, tinham muitas interações, sejam games, conteúdos, comidas ou até UFC ao vivo com inserção de produtos em realidade aumentada e do início ao fim ficaram repletos de participantes.

Demais, né? Agora, vamos para a programação! O segundo dia de evento teve muito conteúdo, vem que a gente anotou tudo pra compartilhar com você:

1# Palestra: Big Tech under observation – after years of whatching us, is now begin whatched, com Roger Mc Namee

O Roger trabalhou por anos no Facebook e em 2016 escreveu o livro Zucked. Dá uma olhada no que ele trouxe pro DMEXCO 2019:

O Facebook surgiu pra ser uma plataforma social e não uma ferramenta de mídia (mas pelo visto as coisas foram mudando um pouco com o passar dos anos, né?). Hoje, os consumidores são úteis para as ferramentas, mas logo logo eles não serão.

Desde os anos 2000 o Google usa os dados dos usuários para transformá-los em “bonecos de vudu”. Eles sabem e controlam os nossos próximos passos (e às vezes conseguimos sentir isso acontecendo, né?). Hoje, todas as plataformas que utilizamos: Facebook, Amazon, Google, no futuro serão outros serviços e claro, utilizaram a inteligência que foi gerada a partir dos nossos dados e comportamentos (nunca foi de graça, né?).

“O Google manipula os nossos dados e nós aceitamos isso.”

Hoje, nossas vidas são manipuladas e controladas pelo algoritmo. As plataformas são desenhadas para amplificar os discursos de ódio, violência e teorias da conspiração.

O Pokemon GO é um jogo que manipulou o comportamento humano.

Por exemplo, você não iria na casa do seu vizinho, mas se tivesse um Pokemon lá, você iria pegá-lo, assim como em estabelecimentos comerciais, como Mc Donald’s e Starbucks. Até que ponto estamos sendo manipulados?

2# Palestra:The Changing Landscape for brands and agencies, com Phil Wilson (American Express) e Arun Kumar (IPG)

Nós deixamos de prometer dados e começamos a entregar. Utilizar Políticas e Regras de Privacidade foi uma das principais mudanças, nesse sentido. Afinal, o que vamos fazer sem dados? Sem Cookies?

Nos próximos dois anos, veremos mudanças no uso de dados. Não teremos tantos Cookies e isso vai mudar a forma que entregamos conteúdo e publicidade. O grande dilema será: como fazer a informação chegar até o público?

“Precisamos usar os dados a serviço do consumidor. Não apenas para vender.”

As transformações sempre serão complicadas. Para mudar o todo é preciso mudar o pensamento de cada pessoa, todos os processos precisam ser atualizados e é preciso ter sempre em mente qual é a estratégia a seguir.

3# Palestra: Youtube: Mass media reimagined, com Cécile Fort Coutaz (Youtube)

O atual conceito de mainstream é um único ponto de mídia com pessoas assistindo o mesmo conteúdo, mas com número limitado de pessoas. O YouTube passou a ser o coração da cultura popular.

A nova geração de criadores de conteúdo está criando comunidades. Só na Europa, são mais de 2000 canais com mais de 1 milhão de inscritos.

Case Jeremy Fragance

Na adolescência participava de uma Boy Band e tentou emplacar vídeos no YouTube, e não deu certo. Anos depois começou  o canal e é um sucesso, com mais de 800 mil inscritos.

Isso é o poder da autenticidade, as pessoas entendem quando está gerando conteúdo que vem de dentro de você. Isso faz com que as pessoas se sintam próximas 

4# Palestra: The New Intimicy, com Maureen Traynor (Spotify) e Charlotte Roche (atriz e podcaster)

Charlotte Roche – é atriz, escritora e tem um podcast. Você pode ouvir o conteúdo dela aqui.
Ela compartilhou um pouco sobre como é o universo dos criadores de conteúdo em Podcast, um formato que está ganhando cada vez mais a atenção do público.

Charlotte reforça que fazer Podcast é uma forma mais livre de criar.

“A gente esquece que está gravando. Esquecemos que tem parentes nos ouvindo.”

As linhas editoriais de Charlotte ficam entre: coisas trágicas que aconteceram no passado e coisas do cotidiano. Tudo é produzido de uma forma bem livre.

5# Palestra: Scale isn’t enough, com Dominique Delport (Vice Media)

Dominique trouxe muitos pontos reflexivos sobre o mercado, com o fato de estarmos em constante reinvenção. As pessoas criam todos os dias, então precisamos de propósito para criar uma relação com quem consome o que produzimos.

“A nova geração está comprometida com a mudança no mundo.”

Uma coisa bem interessante que ele falou, foi sobre sermos jovens independente da nossa idade. Precisamos ser curiosos e ter esperança! E a sua audiência? Dominique reforça que a audiência só quer ouvir sua própria história, ser ouvida!

O digital é legal e fez a vice crescer, mas hoje representa pouco mais de 20% da vice. “Nós somos também produtores e somos privilegiados pela alta demanda.”

Você não tem outra oportunidade de causar uma boa impressão.”

Demais, né? Foram muitas reflexões e muitas informações legais ao longo desses dois dias.

É claro que nada disso seria possível sem os nossos patrocinadores: TudoAzul e Bradesco e nossos apoiadores: GetResponse, Global AD e KingHost.

Valeu DMEXCO 2019, foi INCRÍVEL. Voltaremos pro Brasil com muito conteúdo nas malas e claro, muita expectativa para 2020!

Quer receber o nosso eBook com a cobertura completa do DMEXCO?

Para receber conteúdos exclusivos da cobertura DMEXCO 2019 no seu e-mail, preencha o formulário abaixo.



Talvez você possa gostar