Cursos do Share

Você já se deparou com uma situação em que o Facebook, ou o Twitter ou o LinkedIn não exibe a imagem ou o texto certo quando alguém compartilha seu site? Neste artigo vamos ver como usar a ferramenta Depurador das três principais redes usadas para compartilhar links para corrigir isso!

Você já atualizou o conteúdo, mas as imagens ou descrições antigas ainda estão lá quando você o compartilha em plataformas sociais?

Quer saber como forçar o Facebook, Twitter e LinkedIn a limpar a versão em cache do seu conteúdo?

Neste artigo, você encontrará um guia passo a passo para limpar o cache do Facebook, Twitter e LinkedIn para que seu conteúdo mostre as informações que você deseja.


Mas e quais os benefícios adicionais ao usar as ferramentas de inspeção das redes?

As ferramentas de depuração são úteis não apenas para atualizar informações de links, mas também para descobrir como otimizar os títulos, descrições e imagens dos cartões de resumo e tirar melhores resultados de conteúdos que são compartilhados.



Como limpar o cache do Facebook?

Se os dados de um link que você está compartilhando estiver desatualizado ou com falhas, o Facebook possui uma ferramenta chamada Sharing Debugger para ajudar a corrigir. Essa ferramenta permite que você veja os dados extraídos quando o conteúdo do seu site é compartilhado no Facebook, Messenger, WhatsApp e outros lugares dos produtos da família do Facebook.

Para acessar a ferramenta, basta usar o:

LINK:

https://developers.facebook.com/tools/debug/sharing

(salve ele nos seus favoritos caso não tiver, ou anote em algum lugar para consultas futuras).

Para usar a ferramenta é só colar seu URL no campo de texto e clicar no botão azul: DEPURAR (Debug)

Então a ferramenta vai extrair todas as informações armazenadas no cache da rede para o URL. Além de alertá-lo sobre quaisquer sinais de alerta – nesse caso, um ID de aplicativo do Facebook ausente ou o número de ID específico atribuído a cada aplicativo do Facebook para exibir o Insights – o depurador também exibirá como e quando o URL foi extraído pela última vez no Facebook (caso nunca foi não terá nenhum dado, e será gerado pela primeira vez).

Se você descer a página para baixo, encontrará a visualização do link para o URL, que mostra a aparência do seu cartão de resumo atualizado quando exibido no feed de notícias do Facebook.

Você também verá todas as informações das tags que o Facebook extraiu para este link, como mostrado no print:

Note que propositalmente foi testado compartilhar o link do artigo no Facebook e o resultado foi sem Thumb e o título como teste:

Se por acaso as informações apresentadas na visualização do link ainda estiverem desatualizadas, você pode FORÇAR para gerar novas clicando no botão EXTRAIR NOVAMENTE (veja no print). Isso força a ferramenta a analisar e extrair os dados novamente.

Ao EXTRAIR NOVAMENTE um link de um site, blog, loja etc…, você efetivamente está limpando todas as informações existentes no cache. A partir de agora, o Facebook apresentará os dados mais atualizados ao criar um cartão de resumo para o respectivo link.

Outras informações são também atualizadas:

E ao compartilhar novamente o LINK no Facebook, o mesmo estará com a THUMB e o título alterado e um ótimo resultado:

IMPORTANTE:
Vale salientar que em locais que já foram gerados as prévias de um link não serão alterados, por exemplo pessoas que já compartilharam o link ou enviaram em algum mensageiro como Messenger ou WhatsApp. Somente a partir do EXTRAIR NOVAMENTE é que será alterada as informações.

DICA:
Algumas vezes ao clicar no botão EXTRAIR NOVAMENTE poderá não atualizar as informações ou dar mensagens de erros, tente algumas vezes novamente ou depois de um tempo, ao forçar a extração dos dados a ferramenta realmente vai conseguir buscar os dados novos.



Como limpar o cache do LinkedIn?

Se por acaso o LinkedIn estiver gerando dados desatualizados para um link, você poderá usar a ferramenta Post Inspector da plataforma.

LINK:

https://www.linkedin.com/post-inspector/

Esta ferramenta segue etapas muito parecidas com as do cache do Facebook e Twitter.

Localize o link que deseja inspecionar e em seguida acesse a ferramenta Post Inspector do LinkedIn e insira o URL desejado no campo de texto na parte superior da página e então clique em Inspecionar.

A ferramenta Post Inspector vai buscar as informações e os dados do site que o cache do LinkedIn estava mantendo para o URL. Após a limpeza do cache, você verá uma prévia da aparência do cartão de resumo e prévia do link atualizado.

Note que no print abaixo propositalmente foi realizado a inspeção do link sem previamente a thumb do artigo ser adicionada e o título conter um TESTE no começo:

Desça para baixo abaixo da visualização do link para ver quais informações de URL o Post Inspector extraiu. Como o Facebook, esses dados mostram a última vez que o link teve extração de dados, bem como o URL canônico exclusivo desse link. Além disso, esta ferramenta observa todos os redirecionamentos que pode ter configurado no seu site, o que pode ser útil para fins de SEO.

O Inspetor de postagem do LinkedIn também exibirá todos os metadados coletados para o link. Essa é uma maneira mais tangível de visualizar suas tags de gráfico aberto, como o título, o tipo e a descrição do conteúdo. Ao contrário do Facebook e do Twitter, você pode clicar em qualquer uma das propriedades listadas na ferramenta para saber mais sobre como o valor foi selecionado e as sugestões do LinkedIn para otimizá-lo ainda mais.

Para examinar a descrição do conteúdo no exemplo, clique na tag Descrição à esquerda, que foi extraída das propriedades do gráfico aberto listadas nas tags brutas do conteúdo. Além de explicar como atualizar essa descrição, a ferramenta também fornece descrições alternativas extraídas do corpo do conteúdo, conforme mostrado no print.

Após adicionar a thumb do artigo e corrigir o título foi realizado o procedimento novamente (atualizado a página e enviada a url) e temos o resultado final:



Como limpar o cache do Twitter?

Como o Facebook oferece uma ferramenta especializada para recriar links antigos, o Twitter desenvolveu uma ferramenta semelhante que segue um processo muito parecido.

Para começar, você precisará acessar a ferramenta “Card Validator”.
Após entrar, insira o URL da postagem do seu blog, site ou loja e clique em visualizar cartão.

LINK:

https://cards-dev.twitter.com/validator

Isso vai limpar efetivamente o cache do Twitter de quaisquer dados desatualizados e vai gerar um novo cartão de resumo com todas as informações atualizadas.

O lado direito da tela exibirá o cartão de resumo atualizado para ter uma ideia de como será seu conteúdo na próxima vez que você ou qualquer usuário compartilhar o link no Twitter.

Esse processo funciona de maneira semelhante à ferramenta Debugger do Facebook, abaixo da visualização da ferramenta estão os dados chamados Log. Se houver algum problema nos metadados da URL, a ferramenta Card Validator alertará você sobre qualquer problema nos dados do gráfico do link para que seja corrigido.



Como personalizar a THUMB e o TÍTULO e o TEXTO DE PRÉVIA de um link?

As redes sociais buscam os dados em metadados, ou seja, são tags específicas que fornecem os dados para que as redes gerem as prévias.

Grande parte dos sites e blogs são baseados no CMS da WordPress, e muitos plugins possibilitam PERSONALIZAR essas informações. Um dos mais usados e prático é o PLUGIN: Yoast SEO (versão free e paga) mas tantos outros podem ser usados especificamente para personalizar essas informações básicas.

No nosso caso do artigo usamos o Yoast SEO e a personalização encontra-se disponível para o Facebook e o Twitter, você pode personalizar especificamente conteúdo para cada uma das redes. Caso não personalizar será usadas as informações básicas do post (título, primeiro parágrafo e a imagem de destaque, e caso não tiver a imagem de destaque a rede encontrará uma imagem do link ou do site).

Veja o print a personalização do conteúdo para o Facebook:



TAMANHOS/MEDIDAS DAS THUMBS

Se você quer personalizar as thumbs para cada rede poderá seguir as especificações fornecidas e indicadas pelas redes:

FACEBOOK:
O tamanho recomendado para a imagem Facebook é 1200 por 630px.

TWITTER:
O tamanho recomendado para a imagem Twitter é 1024 por 512px.

LINKEDIN:
O tamanho recomendado para a imagem LinkedIn é 1200 por 627px.

Ou seja, proporções:
1.91:1





FEIJÃO COM ARROZ

O projeto tem por objetivo entregar conteúdos semanais sobre assuntos envolvendo marketing e comunicação.

Envie sugestões de temas e assuntos para serem abordados por nós!

Vamos compartilhar?
Seus amigos e conhecidos também poderão gostar deste conteúdo, indique para eles, é só inscrever-se no link: http://bit.ly/querofeijao

Formulário para inscrever-se:



MAIS?

Quer se alimentar de mais conteúdos super interessantes?
Acesse nosso blog: www.tudodeshare.com.br/blog

Perdeu edições passadas do Feijão com Arroz?
Após alguns dias o contudo é disponibilizado no blog em:
bit.ly/comerfeijao

Não gostou do conteúdo?
Então poderá achar interessante nossas sugestões de receitas que são bem diferentes do Feijão com Arroz!


PAVÊ DE CHOCOLATE | RECEITA DE NATAL:


LENTILHA COM BACON E CALABRESA – RECEITA PARA O ANO NOVO:


CHEESECAKE FÁCIL NATALINO DE MORANGO:




Cursos do Share

Talvez você possa gostar