O Instagram está fortalecendo suas políticas de moderação hoje e adicionando um novo alerta que avisará as pessoas que violarem regras quando sua conta estiver prestes a ser excluída.

O alerta mostrará aos usuários um histórico das postagens, comentários e histórias que o Instagram teve que remover de sua conta, bem como por que eles foram removidos. “Se você postar algo que vai contra nossas diretrizes novamente, sua conta pode ser excluída”, diz a página.

O Instagram dará aos usuários a chance de apelar diretamente de suas decisões de moderação por meio do alerta, em vez de precisar acessar sua página de ajuda na Web. Apenas alguns tipos de conteúdo poderão ser apelados inicialmente (como fotos removidas por nudez ou incitação ao ódio), e o Instagram planeja expandir os tipos de recurso de conteúdo disponíveis ao longo do tempo.

A alteração ajudará a esclarecer para os usuários por que eles estão em “apuros” ou com sua conta comprometida. Embora seja provável que um grande número de contas banidas seja removido por violações óbvias de regras, o Instagram – como sua empresa-mãe Facebook – tem tido problemas de moderação quando se trata de nudez e sexualidade, onde os usuários tiraram fotos para mostrar uma amamentação ou similares e tiveram suas contas banidas. Essa atualização não impedirá esses erros (esses tipos de fotos devem ser permitidos), mas facilitaria a decisão.

Além do novo alerta, o Instagram também dará à sua equipe moderadora mais liberdade para banir os maus atores. A política do Instagram tem sido proibir os usuários que postarem “uma certa porcentagem de violação de conteúdo”, mas agora também banirá as pessoas que violarem repetidamente suas políticas dentro de uma janela de tempo. Os detalhes aqui são todos vagos como sempre, já que o Instagram não quer oferecer informações e deixar os maus atores manipularem o sistema, mas parece que isso poderia levar a menos contas problemáticas sendo banidas por um detalhe técnico.


FONTE:

https://instagram-press.com/blog/2019/07/18/changes-to-our-account-disable-policy/

Talvez você possa gostar