Para ajudar publishers e criadores de vídeo a construir um negócio e monetizar seu conteúdo na plataforma, o Facebook lança hoje no Brasil os Ad Breaks.
Ad Breaks é um formato de pequenos intervalos comerciais que são colocados nos vídeos no Facebook. Sempre que um Ad Break é mostrado, o publisher ou criador do vídeo recebe 55% da receita do anúncio. O lançamento da ferramenta visa ajudar criadores e publishers que compartilham vídeos autênticos e mais longos, que fazem as pessoas retornarem e criam comunidades engajadas ao redor do seu conteúdo. Hoje, mais de 70% dos anúncios que são exibidos durante os vídeos são vistos até o final no Facebook.
“Nós lançamos o Watch, uma plataforma de vídeo no Facebook, em agosto no Brasil, nosso objetivo era fazer do Watch um lugar onde todos os criadores e publishers pudessem encontrar uma audiência e ganhar dinheiro pelo seu trabalho. Nos últimos meses, estivemos focados em disponibilizar os Ad Breaks ao redor do mundo e estamos agora entusiasmados em anunciar que, a partir de hoje, os Ad Breaks estão disponíveis no país”, diz a diretora de Monetização de Media do Facebook, Kate Orseth.
Ad Breaks podem ter três formatos:
⦿ Anúncios que são mostrados durante o vídeo;
⦿ Anúncios que são mostrados antes do início do vídeo;
⦿ Um anúncio em imagem que é posicionado logo abaixo do vídeo;
Publishers e criadores podem usar a ferramenta de inserção automática, na qual o Facebook seleciona automaticamente o melhor lugar para os anúncios no vídeo, ou selecionar diretamente espaços em potencial.
Quais Páginas estão elegíveis para os Ad Breaks?
⦿ Páginas que tenham criado vídeos de 3 minutos e que, juntos, tenham gerado mais de 30.000 visualizações de 1 minuto nos últimos dois meses;
⦿ Páginas com mais de 10.000 seguidores no Facebook;
⦿ Páginas que estejam de acordo com os Padrões de Qualificação para Monetização do Facebook.
Criadores de conteúdo e publishers podem checar se estão elegíveis em fb.me/joinadbreaks
___
FONTE:

Talvez você possa gostar