Clique Aqui e saiba mais

Em dezembro de 2002 surgiu o LinkedIn, uma rede que tinha como objetivo principal unir profissionais, empresas, empresários, vagas, artigos profissionais, tudo em um único local. Resumindo seria uma forma de compartilhar conhecimentos mais técnicos sem que seus amigos te chamassem de chato ou uma pessoa que só pensa em trabalho, o LinkedIn era o local para se falar apenas de trabalho, independente da sua área.

Segundo o G1, a rede registrou aumento de 25% de usuários no Brasil, entre o final do primeiro trimestre de 2015 e maio de 2016. Atualmente somos 25 milhões de perfis brasileiros.

linked_in_app

Em fevereiro de 2004 nasceu o Facebook, uma rede social feita para unir pessoas do mundo todo, chat, relacionamento, vendas, sorteios, promoções, grupos, tudo em um só lugar. Feito para pura interação, vídeos, humor, memes, sem filtros e muita liberdade para os usuários.

facebook

Uma publicação do TechTudo, feita em janeiro de 2016 durante a Campus Party, mostrou o palestrante que representou o Facebook, Ime Archibong, diretor de parcerias estratégicas da rede, ele trouxe alguns dados muito interessantes como: 8 em cada 10 brasileiros estão no Facebook.

Agora, você deve estar se perguntando porquê trouxe essas informações sobre estas duas redes. Eu te digo, se você está presente ativamente nas duas, deve ter percebido uma certa fusão, ou melhor, confusão por meio das publicações dos usuários.

Acontece que eu tenho notado uma duplicidade de conteúdo, abro meu Facebook diariamente, mais de uma vez por dia e acredito que a maioria das pessoas faz o mesmo. Abro o meu LinkedIn religiosamente todos os dias às 9 horas da manhã e fecho às 18h da noite. O que eu tenho visto? As mesmas coisas!

De duas uma: ou o público está totalmente perdido, postando as mesmas coisas nos mesmos lugares e se esquecendo o foco de cada rede, ou eu estou me tornando uma cri-cri de tanto trabalhar na área e me dizer todos os dias o que devo postar em cada lugar. O fato é que eu entro no meu LinkedIn e me dou de cara com uma frase motivacional, legal, bacana, realmente os profissionais precisam de motivação! Dia seguinte, abro o LinkedIn, outra frase motivacional, postada pela mesma empresa do dia anterior.

Só me resta pensar que isto é falta de planejamento de conteúdo. Postar com o perfil de uma empresa, pelo menos 4x na semana frases motivacionais não é legal, e isto eu falo não só como alguém que trabalha na área, mas também como público! Enquanto escrevia este texto resolvi abrir o meu LinkedIn, torcendo para que não encontrasse algo do tipo e provar que estou errada, mas percebo que o conteúdo, está se transformando em mais do mesmo. Muita reflexão, muita frase bacana, muito autor  e cada vez menos originalidade. Isto é um perigo!

Indico para todos, estejam no LinkedIn, estejam no Facebook, estejam onde vocês serão vistos, mas estejam apenas se estiverem dispostos a planejar algo bacana para estar ali. Se o seu público não é este, se você não possui conteúdo, já é outra história.

Meu conselho neste momento: pare de postar agora. Pare! Abra a timeline da sua empresa e analise, você gosta do que vê? Vê retorno em interações? Analise para poder prosseguir. Eu não escolhi esta foto de destaque do post em vão. Limão e laranja são duas frutas, as duas servem para o preparo de molhos, sucos, bolos e sobremesas, mas continuam diferentes, certo? A cozinha nos exige medidas diferentes para cada ingrediente, planejamento da receita, experimentação, que tal levarmos estes ensinamentos para o momento de produzir conteúdo? Comece a ver suas redes como frutas que podem se complementar, podem formar um único prato delicioso, mas cada uma delas deve ter o seu corte e sua quantidade certa. 

O bacana da vida, real e digital, é que a gente pode errar e ela nos dá o dia seguinte para melhorar! 


Clique Aqui e saiba mais

Talvez você possa gostar

Leave a Reply