Clique Aqui e saiba mais

Vamos começar pelo básico, você sabe o que é SEO?

É o processo de otimizar um site – bem como todo o conteúdo desse site – para que ele apareça em posições de destaque nos resultados orgânicos dos mecanismos de pesquisa. Um SEO bem-sucedido torna um site atraente para usuários e mecanismos de busca. É uma combinação de técnica e marketing.

Search Experience Optimization (SEO) são as melhores práticas implementadas para a otimização da experiência de busca e resolução da necessidade do usuário, entre a página de resultados de busca (SERP) e o site.

Você está procurando maneiras de aumentar a classificação de suas páginas da web no Google? Quer saber como melhorar seu SEO técnico? Então se liga só nessas 7 técnicas que separamos para você. 

1. Deixe o seu site seguro com HTTPS:

O HTTP significa HyperText Transfer Protocol, já o HTTPS é uma versão “segura” de HTTP. O Google anunciou oficialmente que HTTPS é agora um fator de classificação. Portanto, proteja o domínio do seu site com o certificado SSL, pois isso não apenas deixa o seu site seguro, mas também melhora o SEO.

Certifique-se também de que seu site possui uma versão de site único, o que significa que ele não possui suas várias versões (HTTP / HTTPS / sem www).

2. Certifique-se de que o seu site é otimizado para celular:

Para ter uma classificação melhor, certifique-se de que seu site seja compatível com dispositivos móveis. Mais de 56% dos usuários usam dispositivos móveis e, portanto, os mecanismos de pesquisa dão prioridade a isso. Tornar seu site compatível com dispositivos móveis e otimizar suas páginas é uma tarefa fácil.

Entretanto, os erros mais comuns que as pessoas cometem são:

  • Enviar vídeos que não podem ser reproduzidos no celular. Os vídeos HTML5 são a melhor opção que um indivíduo deve usar.
  • Se você fizer um redirecionamento errado e colocá-los em sua página inicial, isso pode prejudicar a experiência do usuário. Portanto, direcione-os para a página relevante que eles estão procurando.
  • Não utilize muitos pop up’s grandes em suas páginas! As pessoas sairão do seu site e nunca mais vão querer voltar. 

Uma coisa que as pessoas geralmente ignoram é a velocidade de carregamento no celular. Normalmente, os telefones celulares têm conexões de Internet mais lentas do que os computadores. Portanto, as páginas da web carregam lentamente em dispositivos móveis. E é por isso que otimizar sua velocidade de carregamento, especialmente para dispositivos móveis, torna-se extremamente importante.

3. Melhore a velocidade de carregamento do seu site:

Em junho de 2020, o Google anunciou oficialmente que a velocidade de carregamento é um fator de classificação. Você sabia que a cada segundo tempo de carregamento extra, você perde 7% dos consumidores? O melhor e mais preferido momento para carregar um site é de 0 a 3 segundos. Se um site carregar entre 3 e 6 segundos, está tudo bem e precisa de melhorias. Você pode conferir a velocidade do seu site na ferramenta do Google Test My Site

A maioria dos sites leva mais de 6 segundos para carregar, mas esses sites prejudicam muito a experiência do usuário e o irritam. Nessa situação, as pessoas dificilmente retornam ao seu site.

Atenção: A velocidade recomendada e a análise do tempo de carregamento são para todos os tipos de dispositivos, como celular, desktop e tablet.

Para melhorar sua velocidade de carregamento:

  • Reduza o tamanho da sua página da web
  • Elimine scripts de terceiros
  • Habilite cache do navegador
  • Otimize imagens

4. Adeque a arquitetura do seu site: 

A arquitetura do seu site é como todas as páginas estão organizadas. Uma estrutura plana torna mais fácil para o Google e outros mecanismos de pesquisa rastrearem 100% das páginas do seu site. Às vezes, os usuários podem ver as páginas do seu site, mas o Google tem dificuldade para visualizá-las. 

Portanto, crie a arquitetura do seu site de forma que seja adequada para os mecanismos de pesquisa e também para os usuários. Além disso, identifique os erros de rastreamento e veja onde os mecanismos de pesquisa estão tendo dificuldades para visualizar as páginas da web e resolvê-los.

Essa técnica deve ser considerada a Etapa 1 da sua estratégia de SEO, uma entre as prioridades enquanto você está criando seu site. Com uma estrutura de site indefinida e mal projetada, é muito difícil para os rastreadores entenderem qual página exibir para um usuário e, por isso, podem existir problemas de rastreamento e indexação. A estrutura do local inclui tudo, desde o projeto básico até os técnicos rígidos a serem cuidados. Se a estrutura de um site está totalmente organizada, você pode dizer que mais de 75% do seu SEO técnico está concluído.

5. Faça a estrutura da sua URL otimizada para SEO: 

Seus URLs devem ser fáceis de entender e otimizados para SEO. Por exemplo, colocar suas páginas em categorias diferentes fornece ao Google contexto extra sobre cada página nesta categoria. Faça URLs curtos e escreva-os de forma que descreva do que se trata o seu blog. Certifique-se de que seu site não crie os mesmos URLs.

Papel e relevância dos URLs no SEO: 

Cada página da web em seu site deve ter apenas um URL. Esses URLs devem ter uma sequência curta, clara e amigável que não deve confundir os spiders dos mecanismos de busca e os humanos.

Exemplos de URLs:

  • https://www.tudodeshare.com.br/cursos/
  • http://tudodeshare.com.br/saude/
  • http://tudodeshare.com.br/clubeshare/
  • http://tudodeshare.com.br/capsulas/

Você deve ter URLs paginados: 

É um processo de divisão do conteúdo em uma série de páginas para dividir a lista de artigos ou produtos em um formato agradável. É uma técnica amplamente utilizada e pode ser facilmente encontrada em sites como e-commerce, fóruns e blogs.

Pesquisas e estudos mostram que os usuários e os bots do Google gostam de conteúdo dedicado de uma única página. Portanto, certifique-se de ter URLs paginados (URLs amigáveis ​​para SEO).

6. Utilize Breadcrumbs:

Traduzindo, breadcrumbs significa migalhas de pão. No âmbito digital, é o sistema de navegação por categorias que existe dentro de um site. Isso facilita a navegação do usuário e indica o caminho que percorre dentro de sua estrutura – por isso, a alusão à história de João e Maria!

No meio digital, os breadcrumbs são tipo os rastros do caminho do site que os visitantes acessam. Eles indicam a localização atual do usuário e por onde passou até chegar onde está. Normalmente, esse sistema é representado por uma barra horizontal ou vertical na parte superior do site, assim, mostra em que parte da arquitetura do site o usuário está, permitindo que ele possa voltar para outras sessões quando quiser. 

Observe, por exemplo, esta url: 

Antes do título da página, aparece a palavra blog, o que o ajuda a entender que a página anterior é capa do blog.

A navegação breadcrumb é um dos fatores importantes que o Google considera. Enquanto você busca o URL da sua página da web no Google Search Console, você também pode ver que há uma seção diferente de breadcrumbs encontrada em seu painel que informa aos robôs sobre os links internos para categorias e subpáginas em seu site.

7. Não deixe conteúdo duplicado:

Você não precisa se preocupar se está criando um conteúdo aprofundado, exclusivo e de qualidade para seus artigos. Mas pode haver várias páginas em seu site com conteúdo superficial ou com o mesmo conteúdo que podem impactar negativamente as classificações do mecanismo de pesquisa. Então, você precisa encontrar e corrigir esse problema usando ferramentas como o Google Search Console, Google Analytics ou ferramentas de rastreamento.

 O conteúdo duplicado pode ser corrigido por:

  • Implementando uma metatag noindex no código HTML da página: 

O noindex é uma ferramenta útil caso você não tenha acesso à raiz do servidor, já que permite controlar individualmente o acesso a cada página do seu site. Você pode conferir mais nesse passo a passo do suporte do Google. 

  • Lidar com a duplicação com uma instrução disallow em seu arquivo robots.txt: 

O robots.txt é um arquivo de texto simples que segue o Protocolo de exclusão de robôs, ele é formado por uma ou mais regras. Cada regra bloqueia (ou permite) o acesso de um determinado rastreador a um caminho de arquivo especificado no site. Neste artigo, você consegue ver o passo a passo de como implementá-lo. 

  • Usando canonical tag:

Canonical tag é uma marcação inserida no código de páginas da web para definir que elas são um conteúdo original. Essa tag serve diretamente para a leitura dos algoritmos de mecanismos de busca e mostra ao algoritmo qual é prioritária, ou seja, a página original que será mostrada em resultados de pesquisas.

A canonical tag funciona apenas para mecanismos de busca, permitindo que você leve visitantes para aquela página. Com ela, você não deixa que as páginas com variação de URL sejam indexadas, mas permite que o usuário as acesse. 

  • Usando um redirect 301:

O redirect 301 é um redirecionamento permanente usado para mostrar ao usuário e os buscadores que a página que ele procura mudou de endereço e se encontra em uma nova URL. Neste artigo, você consegue conferir o passo a passo para realizá-lo no seu site e tirar todas as suas dúvidas. 

Os consumidores que procuram uma solução para um determinado problema recorrem ao Google para obter respostas e, se você não estiver aparecendo nos resultados da pesquisa, também poderá ficar invisível.

É por isso que o SEO é importante para todos os negócios. Utilize estas técnicas e fique muito mais visível para os seus consumidores! 


FEIJÃO COM ARROZ

A nossa newsletter que tem por objetivo entregar conteúdos semanais sobre assuntos envolvendo marketing e comunicação.
Clique aqui e envie sugestões de temase assuntos para serem abordados por nós!

Vamos compartilhar?

Seus amigos e conhecidos também poderão gostar deste conteúdo,indique o Feijão com Arroz para eles, é só inscrever-se no link!

MAIS?

Quer se alimentar de mais conteúdos super interessantes?
Acesse nosso blog: www.tudodeshare.com.br/blog

Não gostou do conteúdo?

Então poderá achar interessante nossas sugestões de receitas que são bem diferentes do clássico Feijão com Arroz!

COMO FAZER SALMÃO

Yakissoba de legumes

BRIGADEIRO DE LIMÃO SICILIANO

Perdeu edições passadas do Feijão com Arroz?

Acesse e confira as edições anteriores: bit.ly/comerfeijao


Clique Aqui e saiba mais

Talvez você possa gostar